Translate

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Eu cá com os meus botões.


Eu cá ando desanimada e sem muita coragem para escrever alguma coisa. E fico a pensar: -Porque me sinto assim? Deus tem cuidado de mim e de minha família devo estar agradecida e animar-me. Mas somos humanos não é? E como seres imperfeitos nos deixamos abater com tudo. Quando penso que a candidata Dilma venceu as eleições! Deus nos acuda! E agora começa o frio cá na Holanda já prevêem neve para essa semana, então os céus estão sempre cinza , mal vemos o sol, temos o frio e com ele vem as crises de renite, sinusite, artrite, preguicite... há, não conhecem essa palavra preguicite não é? pois, é a preguiça aguda. Não dá vontade de fazer nada, ai você se tranca em casa e come, e vem os quilos a mais, se olha no espelho chora e vem a apatia. Nos sentamos na frente da televisão (ainda não entendo bem o Holandês mais alguma coisa dá para entender) Que tristeza, a Europa está em crise. Ai vejo Portugal em greve geral, minha segunda nação está no vermelho. O desemprego a cercar-nos por todos os lados, a inflação a subir e o poder de compra a baixar, acidentes, assassinatos, suicídios, drogas, protestos, minas explodindo, poluição, terrorismo, ensaios nucleares, choramos novamente, oh Deus, tem misericórdia de nós.
Então entre uma tosse e um espirro eis uma boa notícia, fui sorteada no Blogue Coisa Nossa da irmã Naná, e recebi hoje em casa o livro: "Comer ou não comer!? Liberdade para fazer escolhas no temor de Deus" da escritora Maria Cecília Alfano. Coordenadora do ministério Conexão Conselho Bíblico ( www.conselhobiblico.com) Que bênção, ainda não comecei a ler mais de certeza será bastante edificante. Vou já me desligar da CNN e da net para começar a minha leitura.
Até!

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Sobre o segundo turno: Abra o olho!


Se Gilberto Gil que era ministro do Lula está pedindo para não votar na Dilma.

Se Heloisa Helena, uma das fundadoras do PT é contra a candidatura da Dilma.

Se Marina Silva, ícone no PT, saiu e foi para o PV com muitos petistas.

Se Joelmir Beting, jornalista e sociólogo renomado, está pedindo para não votar na Dilma

Se Arnaldo Jabor, o crítico e comentarista do Jornal Nacional e do Jornal da Globo também está pedindo para não votar na Dilma.

Se a Marília Gabriela também está pedindo para não votar na Dilma.

Se a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil está pedindo para não votar na Dilma.

Se Pastores de todo o Brasil estão se mobilizando contra a candidatura da Dilma.

Se todas as pessoas de bem estão se mobilizando contra Dilma e a favor do Serra...

Se Collor, Sarney, Barbalho, Calheiros, Maluf, Genoino, Martha, Erenice e Zé Dirceu votam em Dilma alguma coisa está muito errada,

pois essas pessoas são sinônimos de corrupção, fisiologismo e populismo.

Vamos derrubar Dilma e seus padrinhos no 2º turno!


Tão importante quanto o voto, é exercer a cidadania e participar do destino do Brasil.

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Dia especial! Parabéns Joana



Hoje é um dia especial, pois é o aniversário da minha amiga Joana. Nós tivemos um dia em grande! Almoçamos juntas, batemos pernas no shopping (ai, meus pés estão me matando...) compramos seu presente, e fizemos umas compras... Tudo do jeito que a mulherada gosta. Meu filhote, que foi junto, é que complicava as coisas, sabe como é, 3 anos, e tudo o que vê, quer. Mas nada que um bom olhar 44, ou melhor, um sonoro NÃO, não resolva, hahaha!.
Pois bem Joana, amei passar esse dia especial com você. Obrigada por sua amizade e companheirismo. Deus te abençoe gata! A ti e a tua família. Muitas bênçãos para a vossa vida. E mas uma vez: Feliz Aniversário! Parabéns!

Nós duas

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Seja Bem Vindo Pedro Augusto!

Um presente chamado Pedro Augusto. Nasceu com 50 cm e 3.350 kg


Deus te abençoe grandemente junto com toda a família.
Lindo, a prima te ama!
video

sábado, 9 de outubro de 2010

Sobre a candidata Dilma.


Recebi esse artigo da amiga Regina e não resisti posta-lo aqui, ri de me acabar:

LEIAM ESTE ARTIGO DO NEIL FERREIRA. ESTÁ ÓTIMO!

A Mãe de Todas as Bruxas atende pelo codinome de Dilma e tem Mil Caras, não me sinto seguro em descrevê-la. Estou com uma fotinha dela de dois anos ...atrás e outra de hoje, são entidades totalmente diferentes. Suas biografias também não batem, a de antes não é a de hoje e a de hoje com certeza não será a de amanhã.

Na fotinha antiga ela tem feições duras, rugas no rosto, os lábios num ergas estranho, talvez forçada tentativa de sorrir. E os cabelos, que horror.

Na biografia de antes, “companheira de armas” como testemunhou Dirceu, era guerrilheira heróica e assaltante de bancos e do cofre do Adhemar com Mais de Dois Milhões e Quinhentos Mil Dolares evaporados, talvez abrigados em paraísos fiscais incertos e não sabidos ou repartidos irmãmente com a companheirada, como agora é repartida a grana que jorra dos "propinodutos". Na de anteontem, era apenas uma vítima presa e torturada por “crimes de opinião”. Na de hoje, ao desmentir que teria se declarado a favor do aborto, como testemunhou Santa Marina Cheia de Graça, disse que não é a favor do aborto “por ser a favor da vida e como tal arriscou a sua própria vida”. Ameaçou matar e talvez tenha matado em defesa da vida, vá a gente entender tal lógica.

Na fotinha de agora as feições estão amenizadas, o rosto esticado, nos lábios um sorriso permanente, parece grudado para sempre, ela fica sorrindo até quando fecha os olhos para dormir. Sobre os lábios, aquelas ruguinhas indeléveis, que a peruagem chama de “código de barras”. Minto, não fecha. As pálpebras parecem grudadas nas sobrancelhas.

Olhos arregalados de quem finge enorme atenção em você, sorriso fixo de bondade até quando deita-se e dorme o sono dos justos. Lembra-me um genial filme japonês que vi na juventude, “Homem mau dorme bem”.

E os cabelos ! Muy diferentes dos de antanho, não sei explicar se parecidos com os daqueles cãezinhos de madame sempre arrumadinhos, ou se com o cabelo daquele ditador da Coréia do Norte, com quem ela está cada dia mais parecida.

O conjunto da obra, cabelos, cara, olhos arregalados, sorriso fixo, remete-me àquele anúncio antigo do shampoo Colorama “Ei, ei... A minha voz continua a mesma... mas os meus cabelos... “

É isso. Os pitangys da funilaria do Palácio do Planalto mexeram em tudo, reformaram, desamassaram, endireitaram, pintaram, mas não trocaram a buzina. A voz. Ela é uma impressão digital da criatura, um DNA, não há o que a modifique, é evidência de identificação aceita até nos tribunais das minhas séries de tevê, o “lixo cultural” como acusa o pensador petista Marco Aurélio Top Top Garcia.

A Mãe de Todas as Bruxas pode assumir os formatos que desejar, mas “ei... ei...” a voz continua a mesma. Rascante, desagradável, uma ofensa aos ouvidos sensíveis. Basta escutar, nem precisa prestar atenção, antes como agora é ameaçadora e engrola, tatibitate, e gagueja penosamente até para dizer que dia é hoje. Dá medo, senão pena. Acho que dá medo mesmo, pode ser trilha sonora de filmes do Frankenstein, do Drácula, da Madrasta da Branca de Neve que leva a maçã envenenada para a coitadinha indefesa.

Se cruzar com uma de suas personificações e ficar em dúvida, apenas diga “Bom dia...” O som da resposta virá envolto em fumaça negra com o hálito de enxofre. É ela, a Mãe de Todas as Bruxas, a Bruxa de Mil Caras.

Fuja correndo, não sem antes mostrar-lhe o crucifixo. Sempre carregue um como arma de legítima defesa. Um dia ela definiu-se como “atéia e marxista”, não sei se ainda vale.

Brade bem alto para todo mundo ouvir “Vade retro Satã !”. Se puder, repita mais outras vezes “Vade retro Satã ! Vade retro Satã !” e não se esqueça de se benzer, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, amém, com beijinho na unha do dedão da mão com a qual se benzeu.

Não há Belzebu que a resista, nem o que encarna a Martaxa Relaxa e Goza, entidade da mais Impura Maldade que habita os cafundós dos quintos de todos os infernos.

Se aparecer virada de boazinha, vai estar virada de Lullinha Paz e Amor, agora que a cambada reunida no Palácio do Planalto pediu ao Lullão que pare de latir e babar e morder e ameaçar a imprensa que ainda resta livre, os editoriais do Estadão fizeram-no uivar, há testemunhas. Lullinha Paz e Amor será ela, escrita e escarrada.

O serviço sujo está terceirizado ao Boca de Latrina, chutado para escanteio mas de lá, do escanteio, repescado para acusar Serra, aliados e até a família, de malfeitos mentirosos, inventados pela marquetagem. Boca de Latrina será ela, escrita e escarrada.

Dirceu, pescado da fossa onde estava afundado e a ela rescendendo, ressurge disputando o butim com ”mermão Paloffi” e prometendo a uma platéia de sindicalistas “um governo sindicalista” e “controle dos meios de comunicação”. Dirceu, dela “cumpanhero de armas”, será ela, escrita e escarrada.

Sarney, Barbalho

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Eleições no Brasil


Hoje li algo bem engraçado no Facebook sobre as eleições de segundo turno e resolvi posta-lo aqui:

O segundo turno das eleições é dia 31/10, Halloween.
Não perca a chance de queimar uma bruxa (Dilma).( ou melhor Serra-la)
Dt Loco

E que tal essa?
Serra, serra, serrador, serra a Dilma por favor!!!!!!!!! Hahaha! Muito boa! Thaís F. Garcia.

Quem tem mais????

sábado, 2 de outubro de 2010

artigo do Dr. Gabriel Novis Neves, ex Reitor da Universidade Federal de MT .

Recebido por email, um belo artigo.


Sabe muito
Gabriel Novis Neves
06/09/2010 00:00



Quando a Marina Silva esteve em Cuiabá e fez uma palestra na antiga Universidade da Selva - hoje Universidade Federal de Mato Grosso - escrevi o artigo “Marina sabe?”

Hoje, assistindo ao vivo pela televisão o pronunciamento da Marina como candidata à Presidência do Brasil, eu tive a minha indagação plenamente respondida: a Marina sabe – só sabe não - ela simplesmente sabe demais! Fiquei até um pouco envergonhado sobre o artigo que escrevi.

O seu discurso de aproximadamente cinqüenta minutos, foi totalmente diferente dos discursos burocráticos dos políticos profissionais e técnicos soberbos. A menina do Acre falou com o coração para o coração dos brasileiros. Foi de uma humildade! Aliás, uma das suas características. Disse que teria durante a palestra a postura de uma professora de ensino médio. Nada ensaiado por marqueteiros. Apresentou-se aos brasileiros como eles são. Microfone na mão direita, roteiro na tribuna, falou a maior parte de improviso, exatamente para a população brasileira conhecê-la. Andou o tempo todo no palco do auditório alugado, colocando e tirando os óculos, muitas vezes com a mão esquerda na cintura. Parecia a minha professorinha da Escola Modelo Barão de Melgaço.

Essa postura despojada da Marina fez o encantamento de muitos brasileiros. Acredito no poder de comunicação da televisão e no bem que a sua candidatura representa para o Brasil. De imediato nos salvou de uma eleição plebiscitária entre os oitos anos do sociólogo e os oito do metalúrgico. Teríamos um resultado falso positivo para o futuro do país. Marina reconheceu os méritos do professor com o Plano Real e do operário com a distribuição de rendas. Mas lembrou que muito deixou de ser feito. A meta mais importante do seu governo será continuar o que deu certo, e criar oportunidades a todos os brasileiros. Hoje toda criança pode chegar à escola, porem essa presença não cria oportunidades. O que proporciona oportunidade é a escola de qualidade, que valoriza o professor com programas de educação continuada, condições de trabalho e bons salários. Essa escola nós não temos e continuamos, portanto, negando oportunidades aos jovens brasileiros.

A história de vida da Marina é uma história da vitória da oportunidade. Oportunidade para estudar e oportunidade para viver. Salvou-se do analfabetismo aos dezesseis anos e depois de morrer vítima das doenças tropicais. Uma ex-seringueira negra e pobre teve oportunidade numa escolinha de qualidade no Acre. Um rapaz classe média de São Paulo estudou na excelente USP, encontrando oportunidade de ficar rico com ética, é o seu vice.

Que diferença produz na vida das pessoas uma escola de qualidade! A elite econômica não reconhece que a prioridade deste país chama-se oportunidade para todos. Acusam os pobres injustamente de não trabalharem, pois eles, os ricos, trabalham muito e ganha muito dinheiro, o que é pelo menos uma injustiça para aqueles cuja oportunidade foi negada.

Marina defendeu o meio ambiente e denunciou um ato de traição que está sendo discutido no Congresso Nacional pelo rolo compressor do governo, para absolver aqueles que destruíram as nossas florestas, mataram os nossos peixes e condenaram a morte, muitos dos nossos rios. É um perdão que os financiadores de campanhas políticas não merecem, mas os futuros beneficiados dizem que o momento da anistia é este. Marina é uma candidata diferente pela sua espontânea sinceridade geradora da credibilidade, que tanta falta faz aos outros. É a candidata da floresta, que caminha olhando para trás para não cometer o erro do passado e procurando o futuro seguro para nossa gente.

Daí o encantamento que produz nos jovens, velhos, pobres, ricos, intelectuais, profissionais liberais, professores, religiosos, ateus, empresários, favelados, excluídos sociais, negros, brancos, índios, e com certeza chegará ao centro das decisões eleitorais, que é o coração do eleitor. Falta pouco para Marina chegar ao segundo turno. Basta “roubar” uns pontinhos do político e da técnica. Em eleições costuma vencer a emoção e isso Marina tem para abastecer o mercado interno e externo. Marina sabe e muito! A história da sua vida é o seu Plano de Governo.

Gabriel Novis Neves

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Realização de um sonho!

Essa semana adquiri um utensílio que já há muito tempo pensava em comprar. Mas sempre me esquecia: Um rolo de massa! hahaha! Minha cabeça ficou cheia de idéias para usar-lo. Não só em receitas, pois agora só falta o meu marido aprontar alguma para eu acerta-lo com ele, hahaha! Ai o sonho fica completo! hahaha!
Mulher desocupada pensa cada besteira! hahaha!

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Meu irmão Thiago...

Thiago


Foi ainda ontem que nasceste e eu e nossa irmã ficamos com ciúmes de ti e nossa mãe com sua grande sabedoria nos disse que iria te devolver na maternidade se não o
quiséssemos,daí chorei amargamente pois não queria perder-te. Então
começou a nossa grande história de amor fraterno.
Foi ainda ontem que tu nos pedia para coçar os teus pés para poderes dormir.
Foi ainda ontem que precisávamos esconder os sabonetes, pois adoravas come-los,hahaha!
Foi ainda ontem que eu reclamava contigo pois só querias brincar com a
bola na rua...
Foi ainda ontem que cortei teu cabelo na moda dos cantores sertanejos "Chitãozinho e Chororó", e odiaste! Dizias que era corte a mulher.
Foi ainda ontem que não obedeceste a mainha e eu sai correndo atrás de
ti com o cinturão dela nas mãos rua a cima e rua a baixo.
Foi ainda ontem que me emocionei ao ouvir-te tocar a 1º música no violão.
Foi ainda ontem que te formaste, arrumaste teu primeiro emprego, tua primeira namorada, tua noiva...
Foi ainda ontem que comemoramos mais um ano de sua existência agradecidos a Deus pela oportunidade de ter você nas nossas vidas...
Amanhã iras casar eu sonhei que neste dia iria cantar para vocês, meu filho levaria as alianças, mas esse sonho não poderá ser realizado. Não poderemos estar presentes e isso muito me entristesse. Mas estarei de coração e abençoando daqui a vossa união. Irás casar mas lembre que mesmo assim serás sempre, meu irmãozinho...
Eu te amo!
Deus vos abençoe grandemente, e que tenhas um lindo casamento.
Beijos da tua irmã,

Thiago e sua noiva Allinne


Em primeira mão...


quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Aprendi com a minha mãe...

Eu sempre que passo alguma situação com meu filho tento buscar minhas lembranças de como minha mãe fazia. Pois acredito piamente que é a pessoa mais sábia nesse aspecto. Minha mãe sabe falar, e sabe calar, sabe a hora de deixar de castigo e de dar uns "surucupapos" hahaha, traduzindo esse termo bem nordestino é bater. Eu tenho tentado seguir os passos de minha mãe pois ela não errou conosco. Mas quero falar no ato de agradecer. Tenho estado a ensinar meu filho a estar agradecido pelo que tem e dar graças a Deus por tudo. Claro que como uma criança de 3 anos não entende muito bem e mesmo estando grato com a imensidão de brinquedos que possui vai querer sempre ter mais. hahaha. Mas vou ensinando aos poucos e desde agora. Na hora da refeição ensinei-o a orar e agradecer a Deus o alimento que ele permite ter-mos na mesa, o trabalho do papá, pela nossa saúde, enfim por tudo que tem nos dado.
Sabe, uma coisa que sinto muitaa falta do tempo em que morava com minha mãe é da bênção na hora de dormir, e na hora de sair... Já cheguei a voltar correndo para casa, mesmo atrasada para ir para o trabalho porque lembrei que ela não tinha me abençoado. Sinto falta de ouvi-la dizer: "Que Deus lhe leve em paz e traga em paz!" Até me dava uma taquicardia, e ligava-lhe para ouvi-la dizer... Sempre digo o mesmo ao meu marido quando vai para o trabalho, pois acredito que as palavras tem poder. Que Deus ouve tanto as nossas bênçãos lançadas como também as maldições.
Segunda, para variar, estava atrasada para levar meu filho a escola e esqueci de orar-mos, e no meio do caminho meu filho lembrou: " Mamã, nos nem oramos para Papai do Céu nos levar em paz!" É verdade meu amor, disse lhe eu. Vamos orar agora! Paramos, demos nos as mãos, fechamos os olhos e oramos. Graças a Deus temos seguido nossa caminhada sempre guiados por nosso Pai Celestial. Ele tem suprido nossas necessidades e tem nos livrado do mal. Que Deus continue nos abençoando e a vós também. Que todos tenhamos um dia de paz debaixo da graça do Senhor Jesus Cristo.

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Dias de chuva...

Pois bem, cá na Holanda não percebi muito bem o que houve com o verão. Se realmente existiu ou não, mas é certo que o Outono a tempos que vem chegando. A fresquinha, chuva, folhas a amarelar e a cair pelo chão. Gosto do outono, não só pelas lindas cores como pelo clima gostosinho. O pior de quando chove e começa o frio é que ficamos mais tempo em casa. E para pessoas como eu que não trabalha fora e só tem a casa para gastar energia acaba indo para cozinha. Isso é que é mesmo mal, pois cozinha-se mais delícias, tendo então mais delícias para comer e no fim são muitos quilinhos a mais quando chega a primavera.
Pois bem nos últimos dias de chuva fiz bolo de cenoura, bolo de milho, bolo de abacaxi, arroz de marisco, paelha, ai, ai, ai. A turma ca de casa adorou!
Vejam algumas fotos:

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

7 de setembro

Ontem comemoramos a independência do Brasil. Senti um enorme aperto no peito por não estar lá nas comemorações. Na rua onde cresci há uma pequena escola, e neste dia sempre acordava ao som dos tambores da banda que se dirigia para o centro da cidade para o desfile cívico. Pois bem, sinto enorme saudades. E para completar recebi carta do consulado Brasileiro em Roterdão enviada pelo Senhor presidente do Brasil. Apesar de achar que ele está ruim da cabeça ao apoiar a sra. Guerrilheira, ladra e assassina da Dilma, gostei da carta que ele mandou que alguém escrevesse. Deixo-a aqui para contemplação de todos. O que mais doeu foi a ultima frase porque o resto é campanha política.

MENSAGEM DO SENHOR PRESIDENTE DA REPÚBLICA AOS BRASILEIROS NO EXTERIOR

7 DE SETEMBRO DE 2010




Há oito anos, quando ainda era candidato à Presidência da República, redigi a "Carta aos brasileiros que vivem longe de casa". Ao comemorarmos, hoje, nossa Data Nacional, estou feliz em constatar que os compromissos então assumidos foram plenamente cumpridos. De um lado, buscamos assegurar condições de vida digna no Brasil com a criação de milhões de novos postos de trabalho e, de outro, criamos normas e desenvolvemos projetos concretos em benefício dos que decidiram viver no exterior.

Criamos no Itamaraty uma unidade para implementar ações para oferecer atendimento adequado aos emigrados brasileiros. Com isso, foi possível fortalecer os Conselhos de Cidadãos no exterior, implantar programas de regularização migratória na América do Sul e assinar acordos previdênciários com grande número de países. No Japão, inauguramos a Casa do Trabalhador Brasileiro em caráter experimental e lançamos projeto-piloto para permitir saque do FGTS. Melhoramos o atendimento aos brasileiros no exterior com a informatização e a reforma do sistema consular, inclusive para a prestação de serviços nas áreas de educação, previdência, trabalho, saúde e cultura.

Essas ações derivam também de processo de consulta permanente que estabelecemos com nossas comunidades no exterior. Abrimos diferentes canais de comunicação direta, como o Portal Consular, o Portal das Comunidades, e a Ouvidoria Consular, que recebe todo tipo de sugestões e críticas para aprimorarmos o serviço. Mais importante, lançamos o processo das "Conferências Brasileiros no Mundo" e, em junho passado, promulguei o Decreto no. 7214, que estabelece diretrizes para uma política governamental voltada aos brasileiros no exterior. Com ele foi instituída a "Ata Consolidada" de reivindicações da comunidade e criado um Conselho de Representantes dos Brasileiros no Exterior.

Esses representantes, eleitos pelas próprias comunidades no exterior, tomarão posse em dezembro, no Rio de Janeiro, por ocasião da III Conferência Brasileiros no Mundo. Estou certo de que, com a sua colaboração, o trabalho da Conferência adquirirá maior eficácia e dinamismo, com melhor articulação em defesa dos direitos dos brasileiros que vivem fora do país.

Saúdo a todos e manifesto a certeza de que a cada ano teremos motivos para celebrar avanços e para nos orgulhar, seja aqui ou no exterior, deste Dia, que é o dia de todos os brasileiros.

Nesse momento de celebração não posso deixar de registrar um pensamento por aqueles que deixaram suas vidas ou têm vivenciado situações de penúria na busca de realizações pessoais em outros países.

Estamos construindo um país de oportunidades para todos os brasileiros e brasileiras.
O Brasil os espera de volta.

sábado, 21 de agosto de 2010

21/08 6º Aniversário de meu casamento



Hoje é meu aniversário de casamento, parabéns para nós. Viver com outra pessoa, dividir sua intimidade não é fácil, mesmo que se amem. Existem sempre altos e baixos, mas devemos sempre lembrar porque casamos, e nos momentos difíceis, manter a calma, e resolver tudo e cabeça fria. Lembrar que no casamento não há um vencedor e um perdedor, pois ou todos perdemos, ou todos saímos ganhando. Sei que é muito difícil, e como sei.
Uma vez participei de um congresso onde debateu-se sobre o casamento. irei algumas lições que guardo copiadas na minha bíblia, para não as esquecer:
Três frases que podem salvar um casamento:

1. "Estou errado"
2. "Por favor, me perdoe"
3. "Eu amo você!"

Outros bons concelhos:

1. Não critique!
2. Não culpe nem ataque!
3. Fale das mágoas e ofensas com calma, já de cabeça fria!

Essa semana recebi um email muito bonito que resolvi dividir hoje com todos:


Naquela noite, enquanto minha esposa servia o jantar, eu segurei sua mão e disse: "Tenho algo importante para te dizer". Ela se sentou e jantou sem dizer uma palavra. Pude ver sofrimento em seus olhos.


De repente, eu também fiquei sem palavras. No entanto, eu tinha que dizer a ela o que estava pensando. Eu queria o divórcio. E abordei o assunto calmamente.

Ela não parecia irritada pelas minhas palavras e simplesmente perguntou em voz baixa: "Por quê?"

Eu evitei respondê-la, o que a deixou muito brava. Ela jogou os talheres longe e gritou "você não é homem!" Naquela noite, nós não conversamos mais. Pude ouví-la chorando. Eu sabia que ela queria um motivo para o fim do nosso casamento. Mas eu não tinha uma resposta satisfatória para esta pergunta. O meu coração não pertencia a ela mais e sim a Jane. Eu simplesmente não a amava mais, sentia pena dela.

Me sentindo muito culpado, rascunhei um acordo de divórcio, deixando para ela a casa, nosso carro e 30% das ações da minha empresa.

Ela tomou o papel da minha mão e o rasgou violentamente. A mulher com quem vivi pelos últimos 10 anos se tornou uma estranha para mim. Eu fiquei com dó deste desperdício de tempo e energia mas eu não voltaria atrás do que disse, pois amava a Jane profundamente. Finalmente ela começou a chorar alto na minha frente, o que já era esperado. Eu me senti libertado enquanto ela chorava. A minha obsessão por divórcio nas últimas semanas finalmente se materializava e o fim estava mais perto agora.

No dia seguinte, eu cheguei em casa tarde e a encontrei sentada na mesa escrevendo . Eu não jantei, fui directo para a cama e dormi imediatamente, pois estava cansado depois de ter passado o dia com a Jane.

Quando acordei no meio da noite, ela ainda estava sentada à mesa, escrevendo. Eu a ignorei e voltei a dormir.

Na manhã seguinte, ela me apresentou suas condições: ela não queria nada meu, mas pedia um mês de prazo para conceder o divórcio. Ela pediu que durante os próximos 30 dias a gente tentasse viver juntos de forma mais natural possível.
As suas razões eram simples : o nosso filho faria seus exames no próximo mês e precisava de um ambiente propício para preparar-se bem, sem os problemas de ter que lidar com o rompimento de seus pais.

Isso me pareceu razoável, mas ela acrescentou algo mais . Ela me lembrou do momento em que eu a carreguei para dentro da nossa casa no dia em que nos casamos e me pediu que durante os próximos 30 dias eu a carregasse para fora da casa todas as manhãs. Eu então percebi que ela estava completamente louca mas aceitei sua proposta para não tornar meus próximos dias ainda mais intoleráveis.

Eu contei para a Jane sobre o pedido da minha esposa e ela riu muito e achou a idéia totalmente absurda. "Ela pensa que impondo condições assim vai mudar alguma coisa; melhor ela encarar a situação e aceitar o divórcio" ,disse Jane em tom de gozação.

Minha esposa e eu não tínhamos nenhum contacto físico havia muito tempo, então quando eu a carreguei para fora da casa no primeiro dia, foi totalmente estranho. Nosso filho nos aplaudiu dizendo "O papai está carregando a mamãe no colo!"
Suas palavras me causaram constrangimento. Do quarto para a sala, da sala para a porta de entrada da casa, eu devo ter caminhado uns 10 metros carregando minha esposa no colo. Ela fechou os olhos e disse baixinho "Não conte para o nosso filho sobre o divórcio" Eu balancei a cabeça mesmo discordando e então a coloquei no chão assim que atravessamos a porta de entrada da casa. Ela foi pegar o ônibus para o trabalho e eu dirigi para o escritório.

No segundo dia, foi mais fácil para nós dois. Ela se apoiou no meu peito, eu senti o cheiro do perfume que ela usava.
Eu então percebi que há muito tempo não prestava atenção a essa mulher. Ela certamente tinha envelhecido nestes últimos 10 anos, havia rugas no seu rosto, seu cabelo estava ficando fino e grisalho. O nosso casamento teve muito impacto nela. Por uns segundos, cheguei a pensar no que havia feito para ela estar neste estado.

No quarto dia, quando eu a levantei, senti uma certa intimidade maior com o corpo dela. Esta mulher havia dedicado 10 anos da vida dela a mim.

No quinto dia, a mesma coisa. Eu não disse nada a Jane, mas ficava a cada dia mais fácil carregá-la do nosso quarto à porta da casa. Talvez meus músculos estejam mais firmes com o exercício, pensei.

Certa manhã, ela estava tentando escolher um vestido. Ela experimentou uma série deles mas não conseguia achar um que servisse. Com um suspiro, ela disse "Todos os meus vestidos estão grandes para mim". Eu então percebi que ela realmente havia emagrecido bastante, daí a facilidade em carregá-la nos últimos dias.

A realidade caiu sobre mim com uma ponta de remorso... ela carrega tanta dor e tristeza em seu coração.....
Instintivamente, eu estiquei o braço e toquei seus cabelos.

Nosso filho entrou no quarto neste momento e disse " Pai, está na hora de você carregar a mamãe". Para ele, ver seu pai carregando sua mão todas as manhãs tornou-se parte da rotina da casa. Minha esposa abraçou nosso filho e o segurou em seus braços por alguns longos segundos. Eu tive que sair de perto, temendo mudar de idéia agora que estava tão perto do meu objectivo. Em seguida, eu a carreguei em meus braços, do quarto para a sala, da sala para a porta de entrada da casa. Sua mão repousava em meu pescoço. Eu a segurei firme contra o meu corpo. Lembrei-me do dia do nosso casamento.

Mas o seu corpo tão magro me deixou triste. No último dia, quando eu a segurei em meus braços, por algum motivo não conseguia mover minhas pernas. Nosso filho já tinha ido para a escola e eu me vi pronunciando estas palavras: " Eu não percebi o quanto perdemos a nossa intimidade com o tempo".

Eu não consegui dirigir para o trabalho.... fui até o meu novo futuro endereço, saí do carro apressadamente, com medo de mudar de idéia...Subi as escadas e bati na porta do quarto. A Jane abriu a porta e eu disse a ela "Desculpe, Jane.
Eu não quero mais me divorciar".

Ela olhou para mim sem acreditar e tocou na minha testa "Você está com febre?" Eu tirei sua mão da minha testa e repeti "Desculpe, Jane. Eu não vou me divorciar. Meu casamento ficou chato porque nós não soubemos valorizar os pequenos detalhes da nossa vida e não por falta de amor. Agora eu percebi que desde o dia em que carreguei minha esposa no dia do nosso casamento para nossa casa, eu devo segurá-la até que a morte nos separe.

A Jane então percebeu que era sério. Me deu um tapa no rosto, bateu a porta na minha cara e pude ouví-la chorando compulsivamente. Eu voltei para o carro e fui trabalhar.

Na loja de flores, no caminho de volta para casa, eu comprei um buquê de rosas para minha esposa. A atendente me perguntou o que eu gostaria de escrever no cartão. Eu sorri e escrevi: "Eu te carregarei em meus braços todas as manhãs até que a morte nos separe".

Naquela noite, quando cheguei em casa, com um buquê de flores na mão e um grande sorriso no rosto , fui directo para o nosso quarto onde encontrei minha esposa deitada na cama - morta.
Minha esposa estava com câncer e vinha se tratando a vários meses, mas eu estava muito ocupado com a Jane para perceber que havia algo errado com ela. Ela sabia que morreria em breve e quis poupar nosso filho dos efeitos de um divórcio - e prolongou a nossa vida juntos proporcionando ao nosso filho a imagem de nós dois juntos toda manhã. Pelo menos aos olhos do meu filho, eu sou um marido carinhoso.

Os pequenos detalhes de nossa vida são o que realmente contam num relacionamento . Não é a mansão, o carro, as propriedades, o dinheiro no banco. Estes bens criam um ambiente propício a felicidade mas não proporcionam mais do que conforto. Portanto, encontre tempo para ser amigo de sua esposa, faça pequenas coisas um para o outro para mantê-los próximos e íntimos. Tenham um casamento real e feliz!

Muitos fracassados na vida são pessoas que não perceberam que estavam tão perto do sucesso e preferiram desistir..

UM CASAMENTO CENTRADO EM CRISTO É UM CASAMENTO QUE DURA UMA VIDA TODA.

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Arquitetura moderna de Rotterdam - Casas em cubus.

Já falei aqui que Rotterdam é conhecida por sua arquitectura moderna e vos deixo algumas fotos que fiz por esses dias da kubic houses, Kubus huis,apartamentos em cubos, no bairro de Blaak.
Kijkkubus!

Interior... Mas esqueci de procurar a casa de banho e WC. rsrs. Preciso lá voltar...
Sala

2º sala no segunda andar

Sótão

mesa p refeições. Minimalista mas agradável.

cozinha 1º andar

quarto

escritório

Fotos exteriores, de vários ângulos.







Como enloquecer um fotógrafo.

Como sou apaixonada pela fotografia ando lendo tudo sobre o assunto, e eis que me deparei com esse texto que achei o máximo. Ainda não tenho "aquela" máquina, nem tão pouco sou profissional, mas quando lá chegar já estarão todos avisados, hem. Isso comigo ão vai colar... rsrsrs. Então vos deixo o texto e o que não fazer a um amigo fotógrafo, mesmo que ele seja como eu, só um entusiasta! rsrsr. Segue abaixo o link do site maneiro de onde copiei o texto. Aproveitem e dêem uma passadinha lá vão achar muito interessante principalmente para quem assim como eu, está procurando mais informação sobre como fazer boas fotografias.

1- Convide
Convide-o para o seu aniversário e diga para ele “aproveitar” e levar a câmera para fazer umas fotinhos da galera. Amigo que fotografa bem, sem a câmera é meio amigo, então aproveite a amizade. Só assim você poderá ter fotos incríveis sem precisar contratar ninguém. Caso ele não possa ir em seu aniversário peça a câmera emprestada, afinal ele é seu amigo ou não é?

2- Reprove
Depois dele tirar uma foto sua numa festa, peça para ver a foto dele e reprove umas 15 vezes dizendo: “Ah, eu estou feia, tira outra?”, “Ah não gosto desse ângulo, tira outra?”, “Ah, fiquei gorda, tira outra?”, “Ah meu, saí com uma espinha!!, tira outra?”… reprovando as fotos ele pode ficar ali a noite toda fazendo um book só seu!
Outra dica é dirigí-lo e ensiná-lo. Diga para ele “não é assim, é assado” e mande-o fazer o ângulo que você quer, afinal não tem nada demais limitar a criatividade dele.

3- Elogie
Depois de ver uma foto sensacional que só um bom fotógrafo pode fazer, diga a ele que A CÂMERA é demais, que hoje em dia as câmeras tem uma super tecnologia e uma super lente. Nunca elogie o olhar dele. Sempre repita: “Essa câmera é foda”, afinal essas câmeras já fazem tudo!

4- Desconcentre-o
Quando ele estiver trabalhando e tentando clicar aquele momento, puxe papo com ele, ou então fique entrando bem na frente, a todo momento.

5- Peça um favor
Seu amigo acabou de trocar a câmera profissional e ele precisa treinar com a nova. Então chegou a hora de realizar as fotos do Book dos seus sonhos! Pronto, é hora de pedir aquele “favor” e fazer as fotos “di grátis” sem precisar contratar ninguém.

6- Peça as fotos!
Em uma festa que ele esteja fotografando, interrompa-o e peça pra ele te mandar as fotos em que você saiu. Caso ele seja gentil e lhe peça um papel com endereço de e-mail, diga que não tem como anotar, então peça para ele mesmo anotar o seu e-mail. Lembre também que você PRECISA atualizar o seu orkut e facebook.
Se ele demorar um dia para mandar, cobre uma, duas, três vezes até vencê-lo pelo cansaço.

7- Créditos
Caso ele tenha feito as fotos pra você ou lhe mandou gentilmente as fotos depois daquele evento, nem precisa se preocupar com os créditos. Dar créditos só por causa da troca de um favor? Fala sério!. E ainda, se ele mandar as fotos com o crédito na foto, apague. Fica feio o nome de uma pessoa numa foto que você vai colocar no orkut.

8- Copie
Use a foto dele (você pode copiar do Flickr!) para fazer aquele catálogo ou banner da sua empresa, afinal dificilmente ele vai descobrir que a sua loja, conhecida somente na região será vista por ele.

9- Desvalorize
Quando você pedir um orçamento de um Job e ele cobrar o preço que eles normalmente cobram, diga a ele que está caro, que seu sobrinho também tem “câmera digital” e poderia fazer até de graça. Diga ainda que hoje é muito mais fácil, é só clicar e baixar as fotos, que não tem custo algum. Afinal de contas não é como antigamente, em que o fotógrafo tinha que gastar para ampliar e revelar o filme. Hoje é tudo digital, não custa nada. Sem falar que este job pode servir de “portfólio” para ele!

10- Faça pose
Quando estiver naquele ambiente descontraído seja o único a fazer pose, sem ele pedir, olhe e fique sorrindo para a câmera. E para ajudar, saia em todas as fotos que puder. Se ele for fotografar uma só pessoa, entre na foto! se for só um casal de namorados, entre na foto! se for só a turma do ano passado da faculdade, não a sua, não faz mal, entre na foto!!!. O importante é sair em todas!

11- Critique
É engraçado, tem fotógrafo que gosta de fotografar mesmo nas horas de diversão. Neste caso, quando ver um amigo fotografando num churrasco ou numa festa por vontade própria, diga pra ele largar a câmera, que ele parece japonês!
Quando ele estiver pirando naquelas posições contorcionistas só para pegar um detalhe besta daquela gota de orvalho numa folha, fala pra ele: “Para de ficar se matando aí, vem tirar uma foto da gente”!
Aliás, esta é uma boa hora para aproveitar que ele está no lazer e pedir pra ele tirar fotos daquele seu vaso de plantas, do seu cachorro, do seu carro, do seu filho… Pô, já que tá com a câmera não custa aproveitar e tirar umas fotos pra você, né? (não esquece de pedir para ele te mandar no dia seguinte)

12- Pegue na câmera
Assim que ele tirar uma foto sua, puxe a câmera para ver como ficou a foto, como aqueles entrevistados que costumam pegar no microfone do repórter, manja?
Ou então se o fotógrafo te pedir para você tirar uma foto com a câmera dele, você pode fazer duas coisas que vai deixá-lo loco: Use aquela sua mão que está cheia de gordura da coxa do frango que você acabou de comer colocando o dedo preferencialmente na lente.
Outra dica é nunca usar a alça que evita a queda acidental do equipamento. Caso ele peça para você colocar a alça, diga que não precisa, que você é cuidadoso (a).

Seguindo esses passos você só não irá levá-lo a beira de um ataque de nervos se ele for um Buda.

Fonte: Marco Moreira-Magelstudios.com.br
http://magelstudio.com.br/2009/12/22/como-enlouquecer-um-fotografo/

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Feijoada de Lulas




Como tenho marido português sempre faço alguma coisa para ele matar as saudades. Essa semana fiz a feijoada de lulas. Simples, compramos no Lidl uma caixinha com lulas já limpas foi só corta-las as fatias, lava-las e leva-las ao fogo. Vejamos os temperos:
1 folha de louro, alho, cebola, cominho, um pouco de sal, salsa, e refoga-se. Acrescente água quente e deixe cozer. Quando as lulas estiverem macias acrescenta-se o feijão cozido. Uso daquelas latas já cozidas, é só passa-las por água e acrescentar. Deixa pegar o gosto e está pronta. Sirva com arroz branco e Bom apetite!

sexta-feira, 9 de julho de 2010

Delícia de Abacaxi! Eu quero!


Foto: Cortesia de J. Music


Que dia quente! ufa! Com esses calores só temos vontade de refrescar-nos. Eis que meu marido não para de choramingar... Delicia de abacaxi! Eu quero! Eu quero! Pois bem, eu fiz e deixo-vos a receita:

Doce do abacaxi:
1 abacaxi cortado em pequenos pedaços
1 pouco de água
Açúcar a gosto

Creme:
1 lata de leite condensado
1 lata de leite de vaca (a mesma medida da lata de leite condensado)
3 gemas

Cobertura:
3 claras batidas em neve
3 colheres de sopa de açúcar
1 lata de creme de leite

Leve os ingredientes do doce de abacaxi ao lume, quando senti-los cozidos como um doce normal desligue. Cuidado para não deixa-lo passar do ponto e focar com ponto de fio. Ele deve ficar em calda. Depois deixe esfriar um pouco, despeje no pirex e reserve. Em seguida prepare o creme, levando ao fogo, mexendo sempre até ficar homogéneo. Depois despeje em cima do doce de abacaxi que estava reservado. Bata as claras em neve, depois acrescente o açúcar, o creme de leite e mexa devagar e só um pouquinho com uma colher. Coloque por cima do doce reservado, leve ao congelador. Retire do congelador uns 15 minutos antes de ser servido para não ficar muito duro.
Dica: Também já fiz substituindo o doce do abacaxi por ameixa seca.

Calda da Ameixa:

Retire o caroço, e leve ao lume com açúcar a gosto e pouca água. Quando estiver em calda passe pelo liquidificador ou varinha mágica. Não precisa passar muito. Também fica deliciosa!

quinta-feira, 1 de julho de 2010

Abriu a temporada dos churrascos!

Feliz Aniversário SANDRA!
Oba! A primavera passou com suas flores e agora o verão assumiu seu papel aqui na Europa e junto com o sol vieram os churrascos. Lekker! Neste mês de junho os churrascos vieram junto com o aniversário de alguns amigos. A Rosário ( um dos post anteriores), e a Sandra que foi no sábado passado. Uma delicia! Como brasuca houve a carne, frango e como o maridovisk é portuga também vieram as sardinhas! Hummmm, tudo de bom! Aqui na Holanda existem muitos parques preparados para o divertimento geral da nação. Sandra escolheu um dos melhores que vi, com piscina para crianças, e lago para os adultos, muito verde, muito sol e muita alegria. Sandra um grande beijo e os melhores votos para ti e família. Deus vos abençoe!





sábado, 19 de junho de 2010

Aos pais!



Como já não tenho o meu, deixo aqui a minha homenagem a minha mãe, meu "pãe" que foi e é minha mãe e Pai. EU te amo! E a todos os demais pais que por aqui passarem!
Feliz dia!

http://www.glimboo.com/imagens_dia_dos_pais.php

Morreu Hoje a escritora Amara Lúcia!


Depois de tantos aniversários começaram as notas de falecimento. Hoje a literatura perde mais um de seus membros. A escritora Amara Lúcia, brasileira, autora do livro A Difícil Vida Fácil ,que fala da vida levada por prostitutas. Viveu o que chamou de "Meretrício Opcional" para escrever o seu livro, numa vida de altos e baixos, amor a literatura e ao seus filhos, deixa-nos hoje mais pobres. Lutava contra o câncer com tratamentos realizados entre Brasil e Espanha, mas a doença venceu essa luta. Que Deus possa consolar sua família neste momento de dor.
Sua mais comentada obra pode ser lida gratuitamente através deste link: http://www.scribd.com/doc/11042036/A-Dificil-Vida-Facil-Amara-Lucia.

http://www.scribd.com/doc/11042036/A-Dificil-Vida-Facil-Amara-Lucia.

sexta-feira, 18 de junho de 2010

Morreu José Saramago.


foto: www.greenpeace.org/raw/image_full/espana/photo


Morreu o escritor,jornalista, dramaturgo, contista, romancista e poeta português José de Sousa Saramago. Reconhecido internacionalmente e prémio Nobel de literatura em 1998, faleceu hoje em sua residência em Lanzarote, nas Ilhas Canárias em consequência de doença prolongada. A Literatura portuguesa e mundial perde um dos seus mais célebres membros aos 87 anos.

Passado, Presente, Futuro

Eu fui. Mas o que fui já me não lembra:
Mil camadas de pó disfarçam, véus,
Estes quarenta rostos desiguais.
Tão marcados de tempo e macaréus.

Eu sou. Mas o que sou tão pouco é:
Rã fugida do charco, que saltou,
E no salto que deu, quanto podia,
O ar dum outro mundo a rebentou.

Falta ver, se é que falta, o que serei:
Um rosto recomposto antes do fim,
Um canto de batráquio, mesmo rouco,
Uma vida que corra assim-assim.

José Saramago, in "Os Poemas Possíveis"


Aprendamos, Amor


Aprendamos, amor, com estes montes
Que, tão longe do mar, sabem o jeito
De banhar no azul dos horizontes.

Façamos o que é certo e de direito:
Dos desejos ocultos outras fontes
E desçamos ao mar do nosso leito.

José Saramago, in "Os Poemas Possíveis"
*16/11/22 + 18/06/10


Fonte das poesias: O citador

quinta-feira, 17 de junho de 2010

Não abandone seus idosos!



Recebi o vídeo abaixo por email, e não poderia deixar de posta-lo aqui. Uma triste realidade de muitos idosos que são abandonados por suas "famílias".
Está perto do dias dos pais, e eu penso: Quantos pais estão padecendo nas ruas ou em abrigos porque seus filhos não se importam! Pais esses que passaram noites em claro, deixaram de comprar uma roupa nova, de ir a um lugar diferente porque tinham seus filhos em primeiro lugar! Aprovo a campanha realizada em Minas Gerais, Brasil e deixo aqui a minha indignação ao ato de abandono e de desvalorização do ser humano por causa de sua idade, estado de saúde física ou mental.
Eis um dos mandamentos de nosso Deus: Amar o próximo como a nós mesmos!

video



Eu chorei! E você?

segunda-feira, 14 de junho de 2010

Feliz Aniversário meu tesouro! Mainha eu te amo!



Salve 15/06 aniversário de minha mãezinha.

Deixe-me falar dela. Minha mãe é uma mulher de muita força, não é a toa que criou sozinha e muito bem, três filhos. Muito cedo ficou viúva, não quis mais relacionamentos por medo de maltratarem seu filhos. Trabalhou e criou seus filhos, deu educação e até hoje somos os filhinhos da mamãe. Amamos muito pois fomos e somos muito amados, Não a respondemos mal, nem a olhamos com cara feia! rsrsrs. Mãe é mãe, e a respeitamos acima de tudo. Sempre tem uma mão estendida para um abraço, um olhar carinhoso, e um sorriso nos lábios. E ela é a minha mãe! Que é meu tesouro e completa mais um ano! Agradeço a Deus por sua vida, e que Ele multiplique seus anos. Muita saúde, paz, amor, felicidades para ti minha flor e toda a nossa família.
Deus te abençoe mainha!
Beijos!
Morro de saudades!